Laranjeira consegue mínimos para o Mundial de Surdos

Francisco Laranjeira, de Elvas, que representa o Grupo Desportivo Diana, de Évora, participou no Campeonato Nacional Universitário, que decorreu em Leiria.

Texto: Henrique Dias / OPraticante.pt
Fotos cedidas pelo atleta

Francisco Laranjeira consegue mínimos para Campeonato Mundial de Surdos

Francisco Laranjeira alcançou um tempo de 15,49 nos 5.000 metros, mínimos para participar na distância do Campeonato do Mundo de Surdos.

OPraticante.pt esteve à conversa com o atleta e com o seu treinador, para o ficarmos a conhecer melhor e conhecer os seus objetivos

Francisco Laranjeira iniciou-se no atletismo em 2014, tendo sido a única modalidade que praticou até ao momento.

Francisco Laranjeira

Iniciou a prática de atletismo através de um amigo e de vários conhecimentos que tinha sobre a modalidade, confessando “sempre gostei de correr desde muito novo“.

O Clube Elvense de Natação foi onde se iniciou, representando atualmente o Clube Desportivo Diana treinado por João Ferrão.

A marca obtida em Leiria foi mais um resultado relevante que alcançou, mínimos para o Campeonato Mundial de Surdos e Surdolimpicos.

A esta marca agora obtida, soma-se a a marca de 33:44;31, obtida a 10 de abril, no Campeonato de Portugal de 10.000 metros, disputados em Coimbra, também mínimos para o Campeonato Mundial de Surdos e Surdolímpicos.

Francisco Laranjeira

E mais recentemente se superou também a marca nos 1.500 metros.

Três momento únicos da sua vida desportiva, que lhe vão permitir a sua primeira internacionalização e representação de Portugal.

Francisco manifestou que “Mesmo com os mínimos conseguidos, os treinos continuam a ser iguais, mas com mais esforço e exigência.

Sobre os objetivos que tem para o seu futuro desportivo e o que espera ainda conquistar, declarou-nos “Os objetivos que espero a conquistar futuramente, é obter a melhor classificação em todas as provas que participar, e se possível sejam sempre de pódio.

Compromisso assumido e felizmente conseguido

João Ferrão treinador de Francisco confessou-nos “O Francisco, treina comigo desde 2017, altura em que veio estudar para a Universidade de Évora e passou a representar o Grupo Desportivo Diana.

No decorrer destas épocas participou em várias provas de estrada, Corta Mato e pista, com resultados mais modestos, até porque a entrada na vida Académica, obviamente também condicionou a possibilidade da sua evolução em termos desportivos.

Na época 2019/2020, tivemos as dificuldades acrescidas motivadas pela pandemia.

No entanto fomos resilientes e continuamos o nosso trabalho com as condições que se apresentavam.

Antes do início da atual época desportiva falamos e chegámos a um compromisso de trabalharmos com o objetivo do Francisco obter mínimos para os Campeonatos do Mundo.

Francisco Laranjeira
João Ferrão com Francisco Laranjeira

Como a primeira possibilidade que surgiu foi nos 10.000m, aproveitamos a época de Corta-Mato como trabalho de base e a marca foi conseguida.

Em Junho, na segunda participação em 5.000m, o atleta conseguiu também mínimos nesta distância e mais recentemente voltou a obter marca de qualificação também em 1.500m, embora esse não fosse um objetivo principal, visto que a participação nesta distância visava o trabalho de ritmos mais elevados.

Portanto compromisso assumido e felizmente conseguido.

Agora, vamos continuar a trabalhar, para que o Francisco, possa ser selecionado para representar Portugal no Mundial da Polónia na distância de 5000 ou 10000m em Agosto deste ano.

Parceiros

Deixe uma resposta