Luso Bussaco, Trilhos que são já um conversar com Deus…

Luso

Foto: José Moura

Numa organização da Associação Trilhos Luso Bussaco, com apoio do Municipio da Mealhada, Junta de Freguesia de Luso , A. A. A. e ATRP, será realizada, no dia 19 de maio de 2019, uma prova de Trail e uma caminhada com a denominação ” 2.º Trilhos Luso Bussaco “, certificadas pela ATRP.

Foto: José Moura

Associação Trilhos Luso Bussaco

A Associação Trilhos Luso Bussaco encontra-se filiada na Federação Portuguesa de Atletismo e na Associação Trail Run de Portugal, vocacionada para a participação em eventos relacionados com o atletismo e trail e para a organização de eventos da mesma área.

Foto: João Kabazuk

Têm como projectos o Trail ” Trilhos Luso Bussaco “, o Btt “Trilhos Luso Bussaco” e ainda a responsabilidade técnica nos eventos Trail pela Hipertensão Pulmonar e 3 Milhas da Mealhada, em parceria com o Municipio e Junta de Freguesia de Mealhada.

Foto: José Moura

Trilhos Luso Bussaco

O percurso é percorrido por trilhos da Serra do Bussaco e zonas limítrofes, com a extensão aproximada de 30 km para o Trail, 15 km para o Mini Trail e 10 km para a caminhada!

Foto: José Moura

Serra do Bussaco

A Mata Nacional do Buçaco, com 105 hectares e cerca de 5 km de perímetro, é Monumento Nacional desde 1943. Classificada por botânicos como um dos melhores arboretos da Europa e por poetas como o “altar da natureza”, tem no seu interior cerca de 700 espécies de árvores, exóticas e indígenas.

Ao percorrermos as suas veredas, em passeios pedonais, estaremos em plena floresta amazónica ou na Tasmânia, caminhado pelo Vale dos Fetos.

Foto: José Moura

História – “isto é já um conversar com Deus…”

Em 1630 a Ordem dos Carmelitas Descalços obteve autorização do Bispo de Coimbra para construir o seu convento na mata do Buçaco. Na sua primeira visita à Mata, a reacção dos Carmelitas foi de deslumbramento: “isto é já um conversar com Deus… porque se agora inculto, rude e tosco é o que admiramos, cultivado, será um paraíso terreal”.

A variedade de árvores, abundância de fontes, a beleza dos vales e montes, subjugou os Carmelitas, que iriam transformar o Buçaco numa paisagem sagrada.

Sitio oficial do evento.

Página do evento.

Inscrições.

[divide icon=”circle” width=”medium”]

Texto: Henrique Dias
Fotos: Cedidas pela organização

Parceiros

Deixe uma resposta