Privacy Policy Page
Privacy Policy Page
Coluna Dto
Coluna Dto
Coluna Dto
Coluna Esq
Coluna Esq
Coluna Esq

Médica-ciclista larga bicicleta para combater o coronavírus

Uma ciclista profissional suíça, licenciada em medicina, trocou os pedais pela bata médica, para se juntar ao Hospital Universitário de Genebra.

Elise Chabbey, ciclista da Bigla-Katusha e licenciada em medicina, tinha planeado dedicar-se primeiro ao ciclismo, antes de abraçar a profissão de médica.

Primeiro o ciclismo, antes de abraçar a profissão de médica

Elise Chabbey tem 26 anos. Terminou em setembro de 2019 a sua graduação em medicina e decidiu dedicar-se ao seu desporto preferido, que é andar de bicicleta neste ano olímpico.

Enquanto jovem, praticou caiaque de slalom, onde progrediu para um nível profissional. Com a equipa suíça, participou em muitas copas do mundo, campeonatos europeus e mundiais.

Os Jogos Olímpicos de 2012 marcaram o fim da sua carreira, porque se queria dedicar ao seu primeiro ano de medicina.

Foi então que comecei a andar, obtendo bons resultados, tive um gosto por isso. No ano passado, graças às minhas boas performances, entrei para uma das melhores equipes do World Tour, a equipe Bigla, com sede na Suíça.

Equipa: Bigla-Katusha

Então eu comecei este ano esfregando os ombros com os melhores ciclistas do mundo e no pelotão eu sou uma das únicas pessoas que não vive do ciclismo.

Foi uma escolha que fiz, ter continuado meus estudos e completado o meu curso médico. No entanto, na última temporada, apesar de uma agenda lotada entre competições e estágios no hospital, ainda consegui bons resultados.

Para 2020, tenho ótimos projetos com minha equipa. Este ano, progredirei física e taticamente no pelotão feminino e participarei, em particular, dos clássicos belgas (Amstel Gold Race, Liège-Bastogne-Liège e Flèche Wallonne), no Giro e nos campeonatos mundiais.

Mas o meu principal objetivo é participar pela segunda vez na minha carreira desportiva nos Jogos Olímpicos. Depois de Londres em um caiaque de slalom em 2012, meu sonho é ir a Tóquio em 2020 de bicicleta de estrada.

Pandemia do coronavírus trocou-lhe as voltas 

Nesta altura deveria estar a preparar-se para as ‘clássicas de primavera‘. Mas a pandemia do coronavírus trocou-lhe as voltas e a ciclista suíça trocou agora as bicicletas pela bata e as estradas pelos hospitais.

De acordo com a sua equipa, Chabbey, de 26 anos, que se foi conciliando o seu curso de medicina com as provas de ciclismo ao longo dos últimos anos, iria participar na Strade Bianche e em várias ‘clássicas‘ na Bélgica ao longo deste mês, mas quando o surto de coronavírus se começou a fazer sentir na Suíça e as provas de ciclismo foram canceladas, optou por se juntar ao Hospital Universitário de Genebra, que se encontrava com falta de pessoal, para ajudar no que pudesse.

Elise Chabbey largou a bicicleta para ajudar a combater o coronavírus

Não fazer nada não faz parte da minha natureza“, afirmou Chabbey em declarações ao site oficial da sua equipa. “O que estavamos a viver agora é algo sem precedentes e, dada a gravidade da situação, sinto que tenho de fazer alguma coisa“, acrescentou.

Chabbey encontra-se encarregue de lidar não só com pacientes infetados com o Covid-19, mas também com outros pacientes. “Esta semana tive a meu cargo nove pacientes e contamos que o número cresça significativamente ao longo dos próximos dias“, relatou Chabbey.

Na Suíça há, neste momento, mais de 3800 casos confirmados de Covid-19 e 36 mortes. Sem provas de ciclismo no horizonte, Chabbey aproveita, ainda assim, as pausas que vai tento no hospital para treinar e estar pronta, quando a competição for retomada.

Quanto esta crise passar saberei que tentei cumprir a minha parte e espero poder ficar orgulhosa disso. Penso que o que estou a fazer me tornará mentalmente mais forte”, destaca a médica-ciclista. “E, quando eventualmente as corridas recomeçarem, estarei mais do que pronta e motivada para me juntar às minhas colegas na estrada”, garente Chabbey.

Página oficial de Elise Chabbey

Fonte: Sapo on-line, publicado por José MoraisNoticias do Pedal, e trabalhado por Henrique Dias / OPraticante.pt, com fotos da página da atleta.

Sobre o Autor

Artigos relacionados

Deixe uma Resposta