Moitense no seu 30º passeio, junta quase meio milhar a pedalar

“Um passeio de tradição ao rubro, um dos mais antigos do calendário nacional”

Foi pelo concelho da Moita, que no passado domingo 14 de setembro, acompanhamos mais umas grandes pedaladas domingueiras, um evento inserido no calendário oficial da Federação Portuguesa de Cicloturismo e Utilizadores de Bicicleta (FPCUB), desta vez, o 30º Passeio do Núcleo de Cicloturismo Moitense.
Bem cedo a Moita começou a receber os participantes, com a vila toda engalana, já que as tradicionais Festas em Honra de Nossa Senhora da Boa Viagem estão a decorrer, os cicloturistas foram recebidos com muita animação. Confirmadas a inscrições, preparando as bicicletas, tudo a postos, pelas 9,20 era dada a partida à longa caravana, 447 cicloturistas começaram a rolar pelas ruas da vila, seguindo em direção a Alhos Vedros, Baixa da Banheira, Arroteias, Barra Cheia, Brejos da Moita, Penteado, Alto S. Sebastião, e Moita, onde junto à sede do Núcleo Moitense, foi tempo de parar para um abastecimento liquido e sólido. Retomadas as pedaladas, seguiu-se em direção a Broega, Sarilhos Grandes, Lançada, e Moita, onde na Praça da Republica local da partida, a caravana muito animada chegou cerca das 12,20
Olhando o passeio;
Trinta anos depois, a Moita continua a ser um dos pontos preferidos dos amantes da bicicleta, este um dos passeios mais antigos do calendário da FPCUB, mais um ano teve um pelotão considerável, o que em tempo de crise maraca sem dúvida 2014. Foram 57 quilómetros de fortes pedaladas, controlado o passeio pela equipa organizadora, num trajeto de dificuldade baixa, o que proporcionou assim a se rolar a uma velocidade em certos pontos mais rápidos.
A organização esteve mais um ano á altura, soube receber todos que estiveram presentes, estando assim de parabéns, pelo excelente trabalho apresentado, com os participantes a colaborar, onde a animação esteve sempre presente, animando o logo e extenso pelotão que em certas alturas mais parecia uma longa serpente colorida, o qual alegrou este domingo solarengo, apesar de algumas nuvens no céu, o sol também deu o seu ar de graça, dando ainda mais cor e alegria ao conselho da Moita que por esta altura está em festa e todo engalano, já que as tradicionais Festas em Honra de Nossa Senhora da Boa Viagem estavam a decorrer.
Paulo Bolinhas, é responsável pelo NCM, em final de reportagem fez um balanço do evento ao dizer; “30 anos depois, é com muito orgulho que estamos aqui hoje, como habitual nas Festas da Moita em Honra de Nossa Senhora da Boa Viagem, como tem acontecido ao longo destes anos todos. Este ano tivemos 447 participantes, muito positivo, tivemos apenas um pequeno acidente com um participantes mas nada de grave, apenas temos a lamentar este ano o atraso de alguns participantes a ficarem atrasados, porem da nossa parte tudo fizemos para que corre-se bem, mas tivemos aqui cicloturistas um pouco mal preparados, o que torna por vezes difícil acompanhar o pelotão, também tivemos aqui participantes que se fizeram acompanhar por crianças com idades de 5,6 ou 7 anos, o que para um trajecto de 57 quilómetros se torna difícil acompanhar, por isso esperemos que compreendam, já que da nossa parte tentamos dar o nosso melhor, tirando isto, tudo correu bem, temos orgulho de ter sempre presentes nas nossas Festas muitos participantes, para proporcionarmos uma boa manhã desportiva a todos, amigos que nos visitam, e é sempre muito gratificante.
Também fazemos questão quando existem tantas pessoas em dificuldade, de não cobramos nada de inscrição, já que a Comissão de Festas, a Câmara Municipal e a Junta de Freguesia nos apoiam, e nós também tentamos outros apoios, para que no final ninguém pague nada, é algo que nos orgulhamos de proporcionar a todos que nos visitam, e depois disfrutar da Moita, nesta altura festiva, e poderem no final levar uma lembrança alusiva.
E para finalizar, como mensagem final, sugiro que utilizem cada vez mais a bicicleta sempre que possível, seja no desporto, ou para o local de trabalho, e que em 2015 nos possamos novamente encontrar aqui todos novamente”.
E estas as palavras da organização, num evento sem dúvida muito positivo, bem organizado que anualmente junta um número considerado de participantes, o qual mais uma vez contaram com o apoio da Câmara Municipal, Junta de Freguesia, Comissão de Festas da Moita, ainda os apoios de diversas entidades e patrocinadores, da GNR, e o apoio sem dúvida muito valioso do Grupo Motard da Moita.
Por hoje pouco mais para dizer, desejando os tradicionais votos de bons passeios, boas pedaladas, deixando um pouco de história do local onde hoje acompanhamos as pedaladas.
A Moita é uma vila portuguesa pertencente ao Distrito de Setúbal, região de Lisboa e sub-região da Península de Setúbal, com cerca de 17 600 habitantes. É sede de um pequeno município com 55,08 km² de área mas 66 029 habitantes (2011), subdividido em 6 freguesias. O município é limitado a norte e a leste pelo município do Montijo, a sueste por Palmela, a oeste pelo Barreiro e a noroeste tem uma estreita faixa ribeirinha no estuário do Tejo. No mês de Setembro, a Moita transforma-se para entrar nos seus “dez dias mais longos do ano”. As Festas em Honra de Nossa Senhora da Boa Viagem presenteiam os visitantes com atividades ligadas ao rio, largadas de touros, feiras, atividades desportivas, e atividades religiosas e muita música.

Parceiros

Deixe uma resposta