Banner superior
Coluna Dto
Coluna Esq

Patrícia Sampaio reconquista Medalha de Ouro

Os Jovens Judocas Portugueses estiveram em destaque no último dia da Taça da Europa de Juniores – Coimbra 2019. Patrícia Sampaio venceu todos os combates e conquistou a Medalha de Ouro (renovando o título alcançado no ano passado) e Joana Crisóstomo marcou presença no Bloco de Finais onde venceu a sua última adversária, alcançando a Medalha de Bronze.

A Taça da Europa de Juniores – Coimbra 2019 terminou este domingo, 17 de março, após dois dias de combates entre os Melhores Jovens Judocas do Mundo. O Pavilhão Municipal Multidesportos Dr. Mário Mexia recebeu 445 Atletas (261 masculinos e 184 femininas) em representação de 24 países. Portugal, país anfitrião, participou com 102 Jovens Atletas (60 masculinos e 42 femininos).

Neste último dia de combates, estiveram nos tapetes os judocas das categorias mais pesadas, incluindo 26 Portugueses (15 masculinos e 11 femininas).

Patrícia Sampaio em combate

Patrícia Sampaio reconquista Medalha de Ouro

Patrícia Sampaio (-78 kg) entrou em competição à procura de revalidar o título de Campeã conquistado na última edição. A jovem portuguesa mostrou-se imparável, demonstrando toda a sua qualidade ao longo dos combates deste domingo.

Começou por derrotar a francesa Habi Magassa por ‘ippon’ em 24 segundos. Nos Quartos-de-final, o confronto com a espanhola Lucia Perez Gomez, foi mais equilibrado, mas Patricia acabou por alcançar o ‘ippon’. Voltou a dominar a luta na semifinal, garantindo a presença no Bloco de Finais com um ‘ippon’ aos 26 segundos perante a croata Petrunjela Pavic.

Na Final, apesar de algum equilíbrio, somou o 4º ippon em 4 combates, derrotando a francesa Karrie Ngosso Silo. Patricia Sampaio conquista a Medalha de Ouro pelo segundo ano consecutivo, ouvindo a “Portuguesa” no lugar mais alto do pódio.

joana crisostomo

Joana Crisóstomo obtêm Bronze

Nos -70 kg, Joana Crisóstomo apresentou-se a um grande nível, eliminando a israelita Ronny Gal por ‘ippon’ no combate inaugural. Na ronda seguinte, perante Aleksandra Askarova, imperou o equilíbrio, mas, em período de ‘ponto de ouro’, a russa foi penalizada com o terceiro ‘shido’.

Somou o terceiro triunfo nos quartos-de-final, alcançando o ‘ippon’ aos 43 segundos do combate contra a espanhola Begona Sotillo Gomez. Na semifinal encontrou Ai Tsunoda, filha do Treinador da Seleção Nacional Portuguesa Go Tsunoda. A espanhola, que acabaria por vencer a prova, chegou ao ‘ippon’ que afastou a jovem lusa da Final.

No seu último e derradeiro combate, contra a francesa Lucie Jarrot, triunfou com um ‘ippon’ pontuado nos últimos 30 segundos. Com este resultado, Joana Crisóstomo conquista a Medalha de Bronze.

Alexandre Teodósio termina em 5º lugar

Alexandre Teodósio (-100 kg) eliminou o espanhol Javier Saez Pascula, pontuando um ‘wazari’ antes do ‘ippon’ final. Na ronda seguinte, após um combate equilibrado, cedeu por ‘ippon’, em período de ‘ponto de ouro’, perante o italiano Enrico Bergamelli.

O júnior luso regressou ao caminho dos triunfos, derrotando o britânico Andrew McWatt e o francês Jean Eudes Coulibaly por ‘ippon’, qualificando-se para o Bloco de Finais.

Na luta pelo Bronze, entrou a vencer com um ‘wazari’, mas o russo Iosif Simin recuperou e chegou ao ‘ippon’. Com este resultado, Alexandre Teodósio termina num honroso 5º lugar.

Alexandra Morais termina num honroso 5º lugar

Na categoria +78 kg feminina, Alexandra Morais ultrapassou a francesa Sarry Pahape na primeira ronda. No combate seguinte, não conseguiu superar a espanhola Iara Lima Bordoli, que venceu por ‘ippon’. A jovem lusa marcou presença no Bloco de Finais com uma vitória por ‘ippon’ contra a espanhola Nisrin Bousbaa Dab.

Na luta pelo Bronze, não conseguiu impedir o ‘ippon’ da russa Elis Startseva, aos 21 segundos do confronto. Com este resultado, Alexandra Morais finaliza a sua prestação numa honrosa 5ª posição.

Cátia Rosa, Carolina Paiva, Beatriz Moreira e Rodrigo Boavida

Destaque ainda para o 7º lugar alcançado por Cátia Rosa (+78 kg) e para as 9ª posições de Carolina Paiva (-70 kg), Beatriz Moreira (-78 kg) e Rodrigo Boavida (-90 kg).

A nível coletivo, neste segundo dia, as Medalhas foram distribuídas por mais países, com a Seleção Russa a conseguir equilibrar o domínio da Seleção Italiana, verificado no primeiro dia. Ainda assim, os Italianos garantiram o primeiro lugar do ‘medalheiro’ com 13 Medalhas (5 de Ouro, 3 de Prata e 5 de Bronze), seguidos da Rússia com 11 Medalhas (4 de Ouro, 2 de Prata e 5 de Bronze).

Portugal no 5º lugar colectivo, destacando-se 1 medalha de Ouro e 2 de Bronze

Durante os dois dias do evento, Portugal conquistou 1 Medalha de Ouro e 2 de Bronze, alcançando ainda 4 quintos lugares e duas sétimas posições, classificando-se no 5º lugar do Ranking dos países presentes.

A partir de segunda-feira, dia 18 de março, até quinta-feira, dia 21, realiza-se no mesmo Pavilhão da prova, o “EJU Junior Training Camp” com a presença de 150 Judocas de 11 Países, incluindo a Seleção Nacional Sénior Portuguesa.

Texto: Analima
Fotos: EJU / Rui Telmo Romão

Sobre o Autor

Artigos relacionados

Deixe uma Resposta