Três atletas portugueses eliminados no 1º dia do Europeu de Mixed Martial Arts

No primeiro dia do Campeonato Europeu de Mixed Martial Arts (MMA), que está a decorrer em Birmingham, no Reino Unido, entre hoje e o próximo domingo, entraram em ação os atletas nacionais Carlos dos Santos, Filipe Catanho e Milton Mateus. Os três lutadores perderam os respetivos combates de estreia, ficando eliminados da prova.

Os resultados foram os seguintes:

Em Welterweight (-77,1 kg / 170 lb), Carlos dos Santos foi derrotado por Hardeep Rai (Reino Unido) por KO técnico aos 1:54 do round 1;
Em Featherweight (-65,8 kg / 145 lb), Filipe Catanho foi derrotado por Connor Hitchens (Reino Unido), por submissão (estrangulamento D’Arce) no round 1;
Em Middleweight (-83,9 kg / 185 lb), Milton Mateus foi derrotado por Asterio Lucchesini (Itália) por decisão unânime.

Carlos dos Santos começou a sua luta com uma equilibrada troca de golpes em pé. O seu adversário procurou e conseguiu, depois, projetá-lo, ficando numa posição vantajosa em relação ao atleta português. Após um bom momento de ground and pound (aplicação de golpes durante a luta no chão), o árbitro interrompeu, dando a vitória ao britânico ainda no primeiro round.

Filipe Catanho teve um início de combate muito bom, com vantagem na troca de golpes em pé, o que forçou o adversário a levar a luta para o chão. Connor Hitchens conseguiu, então, encaixar um estrangulamento (D’Arce) no nosso atleta e provocar a submissão, ainda no primeiro round.

Milton Mateus enfrentou o capitão da equipa italiana. Ainda que Asterio Lucchesini fosse o atleta mais experiente e tivesse vantagem na envergadura, o lutador português deu uma excelente réplica, levando a luta até ao final dos três rounds de três minutos.
Os juízes acabaram por atribuir a vitória ao italiano por decisão unânime.

Com estes resultados, Carlos dos Santos, Filipe Catanho e Milton Mateus terminam as suas participações nesta edição do Campeonato Europeu de MMA.

Para amanhã, 20 de Novembro, estão marcados os combates de estreia de Franklyn Rodrigues e João Mimoso:
Na categoria de Lightweight (-70,3 kg / 155 lb), Franklyn Rodrigues vs. Toni Lampinen (Finlândia);
Na categoria de Light Heavyweight (-93,0 kg / 205 lb), João Mimoso vs. Laurent Bontus (França).

Caso vença, Franklyn Rodrigues voltará a combater mais tarde, neste dia, contra Thomas Martin (Irlanda).

Para Luís Barneto, diretor executivo da CAPMMA – Comissão Atlética Portuguesa de Mixed Martial Arts e selecionador nacional, “o primeiro dia de competição foi intenso”, tendo os mais de 40 combates demonstrado “um nível competitivo inacreditável”. O técnico nacional considerou ainda que este foi “um ótimo arranque para o primeiro Open Europeu e a afirmação do MMA amador como desporto emocionante e exigente”.

O Campeonato Europeu de MMA é organizado pela IMMAF – International Mixed Martial Arts Federation e tem a participação de 23 países, com mais de 30 atletas femininas (distribuídas por quatro divisões de peso) e de 140 masculinos (em nove divisões de peso).

Portugal ocupa atualmente a 21ª posição do ranking mundial da IMMAF, que conta com um total de 47 países. O nosso país esteve representado nos Campeonatos Mundiais de MMA de 2014 e de 2015, ambos em Las Vegas, nos Estados Unidos, por dois e três atletas, respetivamente.

Parceiros

Deixe uma resposta