Coluna Dto
Coluna Dto
Coluna Esq
Coluna Esq

Troféu Alves Barbosa, António Morgado vence

António Morgado (Anipura/GDM/Escola Alexandre Ruas) conquistou em Montemor-o-Velho, a 20.ª edição do Troféu Alves Barbosa, depois de se impor nas duas etapas da competição.

O campeão nacional António Morgado foi o mais forte do pelotão

O campeão nacional de fundo e de contrarrelógio na categoria de cadetes foi o mais forte do pelotão. Depois de ter triunfado ao sprint na primeira etapa, bateu na segunda etapa toda a concorrência na ligação de 65,4 quilómetros, entre Arazede e o castelo de Montemor-o-Velho.

A chegada em subida proporcionou alguns “cortes”. António Morgado cortou a meta o fim de 1h35m02s de corrida, deixando os perseguidores mais diretos a 3 segundos. André Rocha (Seissa/KTM Bikeseven/Matias & Araújo/Frulact) foi o segundo e o colega de equipa Diogo Saleiro foi o terceiro.

Troféu Alves Barbosa
António Morgado – Foto de arquivo

No somatório das duas etapas, António Morgado foi o melhor, ganhando a geral, os pontos e a classificação de melhor cadete de primeiro ano. Diogo Saleiro terminou na segunda posição da geral e André Rocha em terceiro, ambos a 3 segundos do vencedor.

Grupo Desportivo de Lousa impôs-se por equipas no Troféu Alves Barbosa

O espanhol Daniel Merayo (Arte en Transfer/LPS) foi o melhor trepador, Gustavo Alves (Vilanovense/Coreva/Duorep) ganhou a camisola das metas volantes e o Grupo Desportivo de Lousa impôs-se por equipas.

Texto: União Velocipédica Portuguesa – Federação Portuguesa de Ciclismo

Sobre o Autor

Artigos relacionados

Deixe uma Resposta