7 Dicas para perder gordura com a corrida

Muitos corredores perguntam a si mesmos porque é que treinam e não perdem a gordura que desejam, a corrida por si só já é um bom exercício para perder gordura. Mas sabia que pode perder ainda mais gordura? Siga as seguintes dicas e torne-se numa verdadeira máquina de queimar gordura!

1. Corte nos snacks antes do treino

Muitos corredores comem um lanche (enchem o organismo de hidratos de carbono) antes de um treino. O consumo de hidratos de carbono antes de treinos de longa duração ajuda a aumentar os níveis de energia, mas para treinos mais curtos este aumento não é necessário. Um estudo da Universidade do Texas concluiu que os atletas que faziam um snack pré treino, tinham maiores níveis de gordura metabólica do que aqueles que não o faziam. Felizmente esse mesmo estudo também revelou que repor energia durante o treino não tinha esse efeito. Por isso utilizar géis energéticos, ou outra forma de repor energia durante o treino, é aconselhável.

2. Inclua subidas nos seus treinos

subidasPara começar a queimar gorduras tem que incluir subidas nos seus treinos. As serras são locais de excelência para se perder gordura. Treinos nestes locais são feitos com um angulo de inclinação maior, e proporcionam uma maior queima de gordura devido ao esforço que é necessário fazer para se chegar ao final da subida. Também não é tão prejudicial para os joelhos e tendões, devido ao impacto no solo ser menor. Procure um plano inclinado de preferência em solo não tão duro como o de estrada, e faça subidas rápidas de cerca de 10 segundos. Descanse a descer e quando chegar ao início volte a subir rapidamente. Faça séries de 6 a 10 repetições. O número de repetições pode variar de acordo com nível de treino em que o atleta se encontra.

3. Treino intervalado de alta intensidade

Está na hora de deixar de dar a desculpa típica para não perder gordura “ Não tenho tempo para correr”. O treino intervalado de alta intensidade, é atualmente o melhor para se perder gordura por motivos óbvios. Ao correr distâncias curtas em alta intensidade, entra-se em cerca de 90% da frequência cardíaca máxima, por consequência entra-se instantaneamente em “modo de perda de gordura”. Isto, de acordo com a pesquisa publicada na Cell Metabolism, é porque o treino intenso ativa genes de queima de gordura, e acelera o metabolismo. Pode fazer treinos de apenas 30 minutos, fazendo 1 minuto rápido, alternando com 3 minutos a andar. O objetivo é fazer os 30 minutos sem parar.

4. Faça períodos longos de descanso durante o treino

Pode parecer contraproducente fazer períodos longos de descanso durante o treino, mas de acordo com um estudo publicado no Journal of Applied Physiology, esta pode ser a chave para perder mais gordura. Um grupo de investigadores japoneses fez um estudo com dois grupos de corredores, onde um grupo de corredores treinou durante 60 minutos apenas com breves pausas, e o outro treinou durante 60 minutos com 20 minutos de descanso no meio. Apesar de o segundo grupo ter treinado por menos tempo, queimou mais gordura que o primeiro que treinou com breves pausas. Os cientistas concluíram que a pausa grande do segundo grupo contribuiu para que o metabolismo da gordura tivesse sido mais acelerado que o primeiro grupo que não teve pausas grandes.

5. Treino com pesos

Cientistas em Tóquio descobriram recentemente que a quantidade de gordura que você queima na sua próxima corrida, é completamente dependente de do que você fez na anterior. Através do teste de vários métodos na queima de gordura, eles descobriram que a técnica mais eficiente é o exercício com pesos antes de ir para uma corrida. O seu estudo concluiu que, os atletas que faziam pequenas sessões de treino com pesos antes de fazer treinos de pista ou estrada, queimavam mais gordura que os atletas que não o faziam. O estudo concluiu também que para além de queimar mais gordura, também prepara de uma forma mais efetiva o sistema cardiovascular.

6. Controle os seus hábitos alimentares

nutricao002A regra de ouro para quem quer perder gordura, é ingerir menos calorias do que as que gasta. Isto quer dizer que a sua balança pode ser enganadora. O músculo que você ganhar com os treinos podem mesmo fazer a balança disparar, o músculo é mais pesado que a gordura. Desta forma é preciso que você comece a calcular as calorias que ingere durante o dia, para ter a certeza que realmente está a perder gordura. Pode fazer o cálculo manual ou através de um contador digital, desta forma terá a certeza que está mesmo a perder gordura.

7. Os treinos longos ajudam na queima de gordura

Nem todos os treinos para queimar gordura têm que ser rápidos e intensos, os treinos longos também podem ser muito bons na queima de gordura. Para além de queimar gordura com o treino em si, os treinos que duram mais que 30 minutos aumentam drasticamente a probabilidade do seu organismo continuar a queimar gordura, mesmo em repouso logo após a sessão de treino. Um estudo publicado no Canadian Journal de Ciências do Desporto, revelou que os corredores que fizeram sessões de treino de 1 hora, aumentaram em 500% a queima de gordura após o treino, do que quando fizeram sessões de 30 minutos.

Siga estas dicas e perca ainda mais gordura com os seus treinos de corrida!

Fonte: worldrunning.com

Parceiros

Deixe uma resposta