Deceuninck-Quickstep, regresso de Cavendish é a surpresa

Deceuninck

Mark Cavendish

O britânico Mark Cavendish, segundo ciclista com mais vitórias em etapas na história da Volta a França, é a grande surpresa nos ‘convocados’ da Deceuninck-Quickstep para a 108.ª edição da prova francesa, anunciou hoje a equipa belga.

Texto: AMG // JP – Lusa

Regresso de Cavendish é a surpresa na Deceuninck-Quickstep liderada por Alaphilippe

Aos 36 anos, ‘Cav’ vai regressar ao Tour para tentar ampliar o seu palmarés na ‘Grande Boucle’, onde já triunfou em 30 etapas, e aproximar-se do recorde do belga Eddy Merckx, que durante a sua carreira somou 34 vitórias em tiradas.

Estou encantado de regressar à Volta a França com a Deceuninck-Quickstep. […]

Estou tão entusiasmado por voltar a uma corrida com a qual tenho tanta afinidade e na qual tenho tanta história.

É a maior prova de ciclismo do mundo e farei tudo ao meu alcance para agarrar esta oportunidade com as duas mãos”, assumiu o ciclista da Ilha de Man, citado no sítio oficial da equipa belga.

Alaphilippe líder da equipa na Volta à França

A viver um novo ‘fôlego’ na sua carreira, Cavendish, ausente do Tour desde 2018, mereceu a confiança dos diretores da Deceuninck-Quickstep para substituir o irlandês Sam Bennett, vencedor da classificação por pontos na última edição da Volta a França, que não poderá defender a ‘sua’ camisola verde por estar lesionado no joelho direito.

A inclusão de ‘Cav’ no ‘oito’ da formação belga, que será encabeçado, como esperado, pelo campeão mundial de fundo, o francês Julian Alaphilippe, é ainda mais surpreendente uma vez que, no início de junho, o ‘patrão’ da equipa, Patrick Lefevere, disse que a prova francesa seria “demasiado difícil” para o ‘sprinter’ britânico.

Deceuninck-Quickstep

Além das estrelas maiores Cavendish e Alaphilippe, quinto classificado em 2019 e vencedor de cinco etapas no Tour, a Deceuninck-Quickstep terá à partida para a 108.ª edição, no sábado, os:

dinamarqueses Kasper Asgreen (terceiro na Volta ao Algarve deste ano e vencedor da Volta a Flandres) e Michael Morkov;
os italianos Davide Ballerini e Mattia Cattaneo;
e os belgas Tim Declercq e Dries Devenyns.

A 108.ª edição da Volta a França arranca no sábado, em Brest, e termina em 18 de julho, em Paris.

Parceiros

Deixe uma resposta