JOAQUIM TEIXEIRA: “LUTAMOS ATÉ AO ÚLTIMO METRO”

Joaquim Teixeira

Na 31ª Rampa do Caramulo, o piloto transmontano da JT59 Racing Team/Bompiso, Joaquim Teixeira levou o seu Cupra TCR a rodar sempre perto do limite.

Venceu e convenceu na Divisão Turismo 2 e voltou a assegurar o pódio na categoria e um lugar bem dentro do Top 10 absoluto.

Página do evento

Texto: VMotores
Fotos: BMR /  OMS Rally Photos

Joaquim Teixeira venceu e convenceu

A exibição de Joaquim Teixeira na prova do Targa Clube seguiu a papel químico o “guião” das performances que o piloto e patrão da JT59 Racing Team/Bompiso ostentou nas seis provas anteriores da temporada.

Muito rápido, muito seguro e muito eficaz. Eis os predicados que o piloto transmontano coloca em pista e que, no Caramulo, o colocaram na luta pelo triunfo na Categoria Turismo, já que, no que concerne à refrega da Divisão 2, cedo se percebeu que não teria adversários e manteria o seu registo imaculado de triunfos.

No fecho, juntou ao Top 2 na categoria e à vitória na divisão, o seu novo recorde pessoal no traçado do Caramulo, rodando na sua melhor subida de prova em 1:27.187.

“Dei tudo, mas, infelizmente não foi possível”

Lutamos até ao último metro da última subida por adiar a questão do título de campeão nos Turismo para Boticas. Dei tudo, mas, infelizmente não foi possível”, assumiu Joaquim Teixeira no final.

Relembrando que “Sabia que seria muito difícil. Os regulamentos beneficiam as viaturas de preparação livre, condicionando as reguladas como a minha.

Mas, quero dar os parabéns ao novo campeão e dar conta do orgulho que sinto em tudo o que eu e a minha equipa temos feito ao longo de toda a época.

Estivemos sempre taco-a-taco e conquistar a Divisão e voltar a ser vice-campeão nacional na Categoria Turismo são prémios merecidos e que nos fazem continuar a ter ambição para ir em busca de mais na próxima época.

2023 será com novo projeto e vou lutar com armas idênticas às que os outros utilizam!”.

Joaquim Teixeira – Foto: BMR

Ainda me jeito de rescaldo da temporada 2022, o “Demolidor de Trás-os-Montes” releva “as duas vitórias na categoria e a invencibilidade na Divisão 2 que conseguimos ate ao momento.

São resultados que dão conta da competitividade que sempre ostentámos ter conseguido melhorar o meu melhor tempo em todas as rampas, estabelecendo novos recordes para os TCR.

É sinónimo de que o Cupra tem estado sempre perfeito, fruto do trabalho da nossa equipa técnica que está de parabéns”.

Agora, Joaquim Teixeira foca já “em ir a Boticas tudo tentar para vencer na categoria e na divisão.

Corro numa rampa e numa terra que me dizem muito e tudo farei para vencer, sobretudo pela equipa e pelos patrocinadores que nos apoiam sem reservas e que são fundamentais para o projeto da equipa ser bem sucedido”.

Parceiros

Deixe uma resposta