Terras do Sardão desporto e natureza

sardão02Trail “ Terras do Sardão ” vai para a sua terceira edição, no Sardoal, distrito de Santarém, a 18 de setembro, integrado nas Festas do Concelho 2016. Numa organização formal da Câmara Municipal de Sardoal, com a cronometragem do Trilho Perdido, diversos voluntários no terreno e os conhecimentos, trabalho e dedicação de Sérgio Jesus, o evento vai ser constituído por três provas: Trail Longo (35 km); Trail Curto (17 km) e Caminhada (7 km).

Terras do Sardão,  a beleza da paisagem

Trilhos e estradões ou o constante serpentear por entre leito e margens da ribeira junto à aldeia de Pisão de Bruço, passando pela barragem da Lapa e parque de merendas, Moinhos de Entrevinhas, ou ainda a imensidão de vinhas, matéria prima do bom vinho da região, a Serra de Alcaravela, com os seus inúmeros single tracks de grande beleza e tecnicidade, para terminarem pelas ruas íngremes e de calçada da vila do Sardoal, serão alguns dos locais que vos farão voltar para conhecer melhor o Sardoal e as Terras do Sardão.

Para quem lá esteve nas edições anteriores do Terras do Sardão, sabe do que falamos, o que usufruíram na sua participação, ficaram cativados para voltarem este ano na terceira edição do evento.

Inscreva-se aqui e não perca a oportunidade de marcar presença na terceira edição

O Sardoal a história e os percursos pedestres 

O Sardoal, enquanto povoação, é antiquíssimo, sendo que em alguns locais do concelho têm sido encontrados vestígios da presença do Homem desde tempos muito longínquos.
No Alto de S. Domingos, próximo da Vila, foram encontrados alguns objectos de pedra polida, dos quais existem dois exemplares na Câmara Municipal, sabendo-se que outros foram levados para um museu em Santarém e que existem alguns na posse de particulares. Também nos Castelos, a sul da aldeia da Cabeça das Mós, próximo da Ribeira das Caldeiras, existem vestígios de uma povoação que, devido à sua dimensão, denota ter sido importante, mas sobre as suas origens pouco se conhece.

rui-luz

Do período da ocupação romana também ficaram alguns sinais como, por exemplo, um troço de calçada romana junto ao Casal da Graça, a sul de Valhascos, que alguns historiadores pensam ser medieval, e um outro pequeno troço, próximo da ponte de S. Francisco.
Dos árabes, ainda que não se conheçam vestígios da sua presença, é seguro que aqui permaneceram durante muito tempo, uma vez que este povo conquistou Abrantes aos Godos em 716 e que só em 1148 é que D. Afonso Henriques tomou a Praça de Abrantes. Dada a proximidade e a relação de vizinhança que sempre existiu entre Sardoal e Abrantes, não é difícil de acreditar que tenham ocupado o que é, hoje, o concelho de Sardoal.

sardão

Há uma nova forma para descobrir o Sardoal!

Há uma nova forma para descobrir o Sardoal! O Concelho tem agora uma rede de Percursos Pedestres, que lhe permitirá desfrutar da beleza natural, das tradições culturais e do património.

O Município empenhou-se em revitalizar alguns dos antigos caminhos usados pelos nossos antepassados, de forma a dar a conhecer a todos os recantos mais belos do nosso território.

Gosta de desporto e da natureza venha ao Sardoal e deslumbre-se!

Mais informação aqui

 

Parceiros

1 thought on “Terras do Sardão desporto e natureza

Deixe uma resposta